Caixa diz que vai afastar funcionários que participaram de fraudes de loterias

Polícia Federal deflagrou uma operação na manhã desta quinta-feira, 10, para desarticular o esquema

caixaA Caixa Econômica Federal informou que está tomando todas as providências de abertura de processos disciplinares, apuração de responsabilidades e afastamentos dos empregados do banco que participaram de uma quadrilha especializada em falsificar bilhetes de loteria premiados.

A Polícia Federal deflagrou uma operação na manhã desta quinta-feira, 10, para desarticular o esquema. Segundo a PF, os prejuízos são de pelo menos R$ 60 milhões. O esquema contava com a participação de clientes e gerentes da Caixa, banco alvo da quadrilha. Os criminosos mapeavam quais premiações não foram pagas aos verdadeiros ganhadores, que não foram sacá-los.

A Caixa afirmou que vem colaborando com as investigações da Operação Desventurada e que manterá "cooperação integral" com as investigações em curso. Foram cumpridos 54 mandados judiciais: cinco de prisão preventiva, oito de prisão temporária, 22 de condução coercitiva e 19 de busca e apreensão em Goiás, na Bahia, em São Paulo, Sergipe, Paraná e no Distrito Federal.

Um dos mandados de busca está ocorrendo na casa de um ex-jogador da seleção brasileira de futebol, que não teve o nome divulgado.

Fonte: DCI

#Compartilhar