Atleta busca patrocínio para a disputa do Pan-Americano

leonardo-meloA luta do professor e atleta de kickboxing Leonardo Mello, de 35 anos, começa muito antes de pisar no tatame. Apaixonado por artes marciais, o faixa preta realiza trabalho de inserção social através da luta no Jardim Catarina, em São Gonçalo, onde vive. Com aulas a preços populares, Leonardo já conseguiu tirar muitos jovens da ociosidade. Agora, ele que sempre ajudou ao próximo, precisa de apoio.

 

Leonardo foi selecionado para representar o Brasil no Campeonato Pan-americano de Kickboxing, no próximo dia 30 de julho, em Santa Maria Madalena, no interior do estado. Para competir, o professor – que é campeão carioca, campeão da Copa Rio São Paulo e campeão brasileiro de kickboxing full contact, precisa de patrocínio. Desempregado, Leonardo necessita de, aproximadamente, R$ 300 para custear a viagem e alimentação.

 

Assim como ele, outros dois atletas da Gladiadores kickboxing: Aldano Mattos, 22, e Semerson Ferreira, 30, também lutam para conseguir patrocínio. “O trabalho que realizamos não tem fins lucrativos. Mesmo desempregado, não acho justo me valer da luta para conseguir dinheiro com quem pouco tem. Cobramos uma taxa de R$ 20 só para manter os equipamentos. Então, para competirmos necessitamos de patrocínios. Estamos pedindo ajuda só para a viagem de ônibus e alimentação”, afirmou.

 

Para ajudar, basta entrar em contato pelo telefone (21) 98568-7206 ou facebook Leonardo Mello.

 

Por Marcela Freitas

 

Foto: Alex Ramos - Lutador foi selecionado para representar o Brasil em competição.

 

Fonte: O São Gonçalo

 

#Compartilhar