Com Tevez, Boca pode quebrar jejum de quatro anos sem títulos do Argentino

Craque xeneize, que sofreu pequena fissura nasal na partida contra o Paraguai pelas eliminatórias, está liberado para jogar

tevezSem ser campeão argentino desde 2011, quando faturou o título do Torneio Apertura, o Boca Juniors coroará em grande estilo o retorno de Carlos Tevez e quebrará o jejum neste domingo caso vença o Racing fora de casa, no estádio El Cilindro.

O Boca soma 61 pontos e pode dar a volta olímpica com duas rodadas de antecipação, já que o segundo colocado, o San Lorenzo, visitará o Olimpo. Dessa forma, o time xeneize precisa vencer e torcer para o Ciclón ao menos empatar ou ficar na igualdade e contar com uma derrota do concorrente e ainda um tropeço do Rosario Central terceiro colocado, diante do Argentinos Juniors como mandante.

"Agora que abrimos seis pontos para o segundo colocado podemos dizer que temos grandes chances de ficar com o título", comentou o atacante Jonathan Calleri.

Na expectativa de voltar a ser campeão pelo clube do coração, algo que não acontece desde a Copa Sul-Americana de 2004, Tevez terá de entrar em campo no domingo contra o quarto colocado com uma máscara protetora. Carlitos sofreu uma pancada no nariz durante o empate da Argentina com o Paraguai em 0 a 0 na última terça, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.

Tanto Tevez quanto o meia Nicolás Lodeiro, que jogou pelo Uruguai nos últimos, ficaram fora do treino do Boca nesta quinta. Ambos foram preservados pelo técnico Rodolfo Arruabarrena, mas têm presença confirmada no duelo decisivo.

Também no confronto entre Paraguai e Argentina pela classificatória para o Mundial, o San Lorenzo perdeu uma peça importante para continuar na briga pelo título. O volante Nestor Ortigoza sofreu um estiramento na coxa esquerda e não estará à disposição de Edgardo Bauza para encarar o Olimpo, dono do 20º lugar, em Bahía Blanca.

Apostando as últimas fichas para manter o sonho do título, o Rosario Central medirá forças com o Argentinos Juniors no Gigante de Arroyito. Com 53 pontos, os donos da casa terão de vencer e ainda "secar" o San Lorenzo e, principalmente, o Boca.

Fonte: IG

#Compartilhar