Quebra do jejum de vitórias do Chile sobre o Brasil repercute no mundo

dungaO fim do jejum de 15 anos sem vitória do Chile sobre o Brasil não foi comemorado apenas no país vizinho. Em jornais de todo o mundo, a derrota da Seleção repercutiu, principalmente por ter sido a primeira em uma rodada inicial de Eliminatórias para Copa.

No chileno "La Nación", a euforia com o triunfo por 2 a 0 era imensa: 'Campeão! Chile demonstrou seu poderio superando o Brasil em Santiago'. E ainda selecionou um leque de memes da internet para o 'triunfaço'.

No México, o "Mediotiempo" postou: 'Esta vitória se tornou um outro roteiro histório para La Roja, que encerrou com o jejum de 15 anos sem derrotar a seleção verde e amarela'.

No Peru, a repercussão também foi grande. O "Depor" estampou: Conseguiu vingar a eliminação nos pênaltis diante do Brasil nas oitavas de final da Copa do Mundo do ano passado'.

O "Olé", da Argentina, salientou que 'La Roja está furiosa. Não para. E segue demonstrando porque é a dona do continente. Agora superou por 2 a 0 os brasileiros na rodada inicial das Eliminatórias para Copa da Rússia. E deixam claro também que não soltam a coroa.

Imprensa chilena repercute vitória sobre o Brasil (Foto: Reprodução)

Os europeus também comentaram a derrota do Brasil. No "Marca", da Espanha, 'a equipe chilena mostrou paciência para se curvar a uma Seleção Canarinha sem brilho nem alegria, mas que às vezes conseguiu ofuscar o futebol dos donos da casa'.

O "La Gazzetta dello Sport" falou sobre o primeiro revés da Seleção em estreias das Eliminatórias: 'Nunca o Brasil começou as Eliminatórias para Copa do Mundo com uma derrota, ainda que com Neymar fora seja muito difícil. Os chilenos, ganhadores da Copa América, mereceram a vitória".

Na Inglaterra, o "Daily Mail" recordou que o Chile havia conquistado a Copa América no mesmo estádio que bateu o Brasil nesta quinta-feira: 'De novo no estádio de sua maior conquista, a vitória na Copa América deste ano, Chile começou a corrida para a Copa de 2018 com uma vitória frenética no Estádio Nacional'.

Fonte: Terra

#Compartilhar