Jesus um Referencial Para Mim

ajustando-o-foco"Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado. Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno." Hebreus 4:15-16

Jesus é em tudo o nosso referencial, pois Ele se identificou conosco, e isto reflete diretamente em nossos sentimentos para com a vida e para com as pessoas que nos ofenderam.

JESUS SE IDENTIFICOU CONOSCO

a) Na nossa vida comum:

  • Teve cansaço: Dormiu no barco e nem percebeu, até ser acordado, pelos discípulos. Ele era gente, feito de carne e osso. (nasceu de mulher);
  • Foi a festas, jantares;
  • Jesus teve necessidades iguais à de qualquer ser humano;
  • Ele sabe o que é tentação e conhece os riscos de vivermos constantemente com a possibilidade de pecar;
  • Por isso podemos nos identificar com Ele;
  • Sabendo que assim como Ele venceu;
  • Ele também nos ajuda a vencer;
  • Por não ter cometido pecado Ele pôde aproximar-se do Pai em meu favor.

Jesus é o nosso referencial de equilíbrio para o dia a dia.

  • Devemos viver como Jesus;
  • Trabalhar, descansar, nos divertir, ter comunhão e servir;
  • Mas, fazer tudo isso sem pecar, porque Ele nos ajuda a vencer.

b) Nos nossos sentimentos

  • Jesus tinha sentimentos como os nossos. (bons e ruins);
  • Sabia o que era um sentimento familiar (viveu em uma família);
  • Jesus veio para conhecer o nosso problema, a nossa dor;
  • Jesus sabe o que é um trauma;
  • Ele passou por todo tipo de trauma: Rejeição, solidão, decepção, angustia, traição, tristeza, etc..

O que devemos fazer para vencer nossas lutas contra os sentimentos negativos?

  • Não devemos esconder os nossos sentimentos;
  • Quando escondemos as obras da carne em nossa vida, as alimentamos;
  • O Inimigo não quer que nossas obras da carne sejam descobertas;
  • Para que elas não sejam TRATADAS. (perdoadas);
  • É preciso admitir a nossa vontade de pecar, isso para não cair no pecado, mas para matar o pecado;
  • Devemos abrir o nosso coração para que ele seja tratado;
  • Isto é feito através da confissão (a Deus ou a um irmão);
  • Conversar e ser acompanhado por uma pessoa que seja serva fiel ao Senhor, que nos ame, que nos trate com sabedoria do Senhor e que nos ajude. 

(“...a oração do justo é poderosa e eficaz”)

  • As vezes não sabemos confessar nossas fraquezas e pecados, isto é ruim para nós mesmos.

c) Nas nossas dificuldades

  • Jesus teve necessidades e enfrentou cada uma delas (intercedia ao Pai);
  • Devemos fazer uma avaliação de nossas dificultes e desafios diários e;
  • Coloca-los aos pés do Senhor Jesus;
  • Ele se identifica conosco, neste aspecto, e hoje ele intercede por nós junto ao Pai;
  • E assim temos a vitória garantida.

d) Teve alvos pessoais como nós temos

  • Jesus tinha alvos pessoais, seus alvos eram em favor da humanidade;
  • Ele trabalhava incansavelmente para alcança-los;
  • A semelhança de Jesus nos temos alvos e objetivos específicos. Seja: Espiritual, Profissional, Familiar
  • Assim como Jesus estamos sujeitos a ser alvos de criticas, oposições contra os nossos alvos.

Qual o segredo para se ter sucesso nos nossos alvos?

  • Hoje sabemos que nossa vitória já foi garantida por Jesus;
  • A única maneira de sabermos se vamos ser bem sucedidos nos nossos objetivos é:
  • Alinhando-os aos PROPOSITOS DE DEUS. (não fazer a nossa vontade mais a de Deus);
  • Uma vez que declaramos que Jesus é o Senhor da nossa vida!
  • “Que fomos criados por Ele e para Ele”;
  • Devemos confiar que o Senhor assim o fará! (pois não são mais somente os teus alvos, são os alvos DELE também).

Conclusão:

Jesus se identificou comigo. Hoje Ele é meu referencial! Quero viver COMO Ele e PARA Ele. Hoje através Deste referencial temos misericórdia e graça.


Confie em Jesus, Entregue-se a Jesus. ELE TE ENTENDE MELHOR DO QUE NINGUÉM!

Por Pr. Badi Tanuz

#Compartilhar